sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Qual o seu ídolo?






Nos últimos dias, com a visita do Papa ao Brasil, muito se falou em idolatria. Vi muitos cristãos evangélicos criticando os católicos pela idolatria que praticam. Segundo a palavra de Deus os católicos estão pecando ao idolatrar o Papa e a imagens feitas de barro ou de qualquer outro material, basta abrir a Bíblia e ler o capítulo 44 do livro de Isaías. Mas a crítica feita por grande parte dos evangélicos está carregada de hipocrisia. Para um melhor entendimento desta postagem logo abaixo estão duas palavras de mesmo radical e seus respectivos significados segundo o Dicionário Aurélio.

Ídolo sm. 1.Estátua ou simples objeto cultuado como deus ou deusa. 2. Objeto em que se julga habitar um espírito, e por isso venerado. 3. Pessoa a quem se tributa respeito ou afeto excessivos.
Idolatria sf. 1. Culto prestado a ídolos. 2. Amor ou paixão exagerada.

Pesquisando mais a respeito do assunto achei um texto interessante no site Gospel Prime (eu adaptei o texto  se você quiser ver ele completo acesse o link no fim desta postagem).
A idolatria é o pecado mais mencionado na Bíblia. A decisão de pessoas se prostrarem diante de imagens, objetos e até de outras pessoas recebe mais condenação nas Escrituras que qualquer outra violação das leis divinas.
Mesmo assim, os evangélicos não estão livres da idolatria. Pelo contrário, segundo alguns pastores, esse é um dos problemas espirituais menos reconhecidos pelos crentes de hoje.
A idolatria tomou conta das igrejas evangélicas no Brasil. A conclusão é óbvia, as falsas profecias e a corrupção sacerdotal visma atender os anseios do publico.  As igrejas estão a serviço da satisfação de seus clientes, gerando falsa esperança, entreterimento e manipulando a Palavra por meio da ilusão de uma falsa espiritualidade… muitos dos tais profetas  e sacerdotes estão tomando a glória devida à Deus para si. Eles transformam a si próprios em ídolos, e são adorados como tal ”.
A questão não é vista dessa forma apenas por aqui. O pastor e autor norte-americano Kyle Idleman lançou recentemente o livro, “Gods at War: Defeating the Idols That Battle for Your Heart” [Guerra dos Deuses: vencendo os ídolos que lutam pelo seu coração] onde examina a questão a fundo.  Ele é pastor da megaigreja  Southeast Christian Church, em Louisville.
“Idolatria parece algo tão primitivo. Tão irrelevante… mas é o problema número um abordado na Bíblia, e por isso devemos ter cuidado. Ídolo é tudo aquilo que toma o lugar de Deus, que se torna um fim em si mesmo, que ocupa o trono de seu coração… O coração é o campo de batalha dos deuses, pois tudo flui a partir dele”, escreveu.
Mesmo quando são objetos que remetem a Deus ou à fé podem gerar idolatria por sua capacidade de tirar o foco de Jesus, de onde emana todo o poder.
“Os ídolos tornaram-se mais difíceis de detectar nestes tempos modernos, por que não são mais como uma estátua de ouro ou de animais esculpidos, como os mencionados no Antigo Testamento. Estão presentes em todas as áreas da vida, existem ídolos como comida, sexo, diversão, sucesso, dinheiro, realização/carreira, família. Podem ser algum líder religioso ou artista gospel. Em especial quando o que eles falam contraria o que as Escrituras ensinam.”
Idleman explica que esse tipos de ídolos são os mais difíceis de detectar, por seu caráter subjetivo.
Qual seria a melhor maneira de impedir que isso aconteça? O pastor Turquete é categórico: “basta cada um fazer o exame da sua consciência e se voltar verdadeiramente para Deus e abandonar a idolatria e seus ídolos. Voltemos a viver o Evangelho. Porque dEle, por Ele e para Ele foram feitas todas as coisas…”.

No vídeo abaixo o cantor e pastor Rodolfo Abrantes, durante a ministração da música 'Nível Raso' (apartir do minuto 10:50), critica a idolatria a cantores e a pastores evangélicos.





Agora quero convidar você a refletir um pouco. Qual o seu ídolo? O quem tem tomado o lugar de Jesus em seu coração? Peça a Deus que venha sondar o seu coração e a sua mente, peça a ele que venha retirar aquilo que te afasta da presença dEle.

"Sonda-me, ó Deus, e conhece o meu coração, prova-me e conhece os meus pensamentos; vê se há em mim algum caminho mau e guia-me pelo caminho eterno." - Salmo 139.23-24



----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Fontes:
Bíblia de Estudo MacArthur, Almeida Revista e Atualizada, Sociedade Bíblica do Brasil
Mini Dicionário Aurélio, Aurélio Buarque de Holanda Ferreira, Ed. Nova Fronteira
http://noticias.gospelprime.com.br/idolatria-gospel/
http://permanecerecompartilhar.blogspot.com.br/2013/02/evangelicos-aderem-descaradamente.html
http://noticias.gospelprime.com.br/caio-fabio-boneco-thalles-roberto/

3 comentários:

  1. Oi, Pedro!
    Acho essas críticas vazias, pois os evangélicos idolatram demais os seus pastores, o que não acontece com os católicos que olham os padres como veiculadores da palavra de Jesus na terra. Se assim formos pensar, Jesus também é um ídolo que não deveria ser reverenciado, assim como Maria e todos os personagens bíblicos. Jesus foi um iluminado colocado na terra em uma época bastante conturbada, assim como houveram outros iluminados que não foram tão eficientes. Jesus filho de Deus foi um bom mote publicitário, assim como todos nós somos filhos de Deus. Ele foi sábio e corajoso!
    Eu sou Deísta e se existe um ídolo para mim, é o próprio Deus.
    Bom fim de semana!!
    Beijus,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Luma!
      Agradeço pela sua visita e por compartilhar a sua opinião comigo.
      Eu sou cristão evangélico e tenho uma visão diferente da sua a respeito de Deus e de Jesus.
      Como cristão evangélico eu estou criticando através dessa postagem a hipocrisia que vem crescendo nas igrejas evangélicas.
      Boa Semana!
      Beijus e um abraço :D

      Excluir
  2. Esqueci de dizer que sou admiradora de todos aqueles que veiculam a fé como forma de abrandar corações e trazer paz para a vida das pessoas. Paz infinita é a verdadeira felicidade!!

    ResponderExcluir